Agosto 17, 2021

Uma das coisas mais importantes que uma criança deve ir tendo, ao longo do seu crescimento passa por uma semanada e/ou mesada.

É importante este passo para que as crianças se tornem mais responsáveis no seu dia a dia, com o apoio e exemplo dos pais, que fazem toda a diferença, com hábitos e atitudes mais conscientes, passando esse mesmo ensinamento para as crianças.

Uma das coisas a fazer é definir mediante as idades uma semanada e/ou mesada para que as crianças comecem desde cedo com responsabilidades em gerir o seu próprio dinheiro.

Mesada ou semanada

A mesada ou semanada depende muito da idade das crianças e esta responsabilização pelo dinheiro, deve ser acompanhada pelos pais bem de perto, na altura da sua atribuição.

De acordo com as idades, dos 5 aos 12 anos, a mais adequada é a semanada, dado que a noção da importância do dinheiro e o que fazer com ele ainda é recente. Aqui a partilha é muito importante, onde podem ser criados um ou mais objetivos, de forma a que a criança perceba que se juntar dinheiro, vai poder comprar o brinquedo que tanto gosta, por exemplo.

A partir dos 12 anos, depende muito de como estiver o processo de aprendizagem da criança, apesar de alguns especialistas ainda recomendarem a semanada nestas idades.

Na idade mais jovem, aí sim fará mais sentido uma mesada, porque com um acompanhamento desde pequeno, já começa a ter uma noção mais precisa de como deve gerir o seu dinheiro e as prioridades e faz mais sentido atribuir uma mesada com uma idade mais adiantada.

O incentivo dos Pais

É importante a participação e o incentivo na criança para ela chegar lá, conseguir comprar o que quer com o dinheiro que juntou e o esforço que fez também deve ser acarinhado pelo Pais, como uma conquista! As crianças gostam que lhes digam…”Parabéns conseguiste juntar o dinheiro para o teu objetivo” ou “ Força falta pouco para conseguires comprar o que tanto queres”. Desta forma vai estar a incentivar a voltar a fazer e a tomar o gosto desde pequeno(a), o que vai ajudar muito ao longo da vida e no futuro, numa melhor gestão do dinheiro.

Incentivar as crianças desde cedo a poupar dinheiro, é um princípio para um futuro mais feliz financeiramente e que deve começar pelos pais, a darem o exemplo, através de simples gestos como: não deixarem as luzes ligadas em compartimentos da casa que não estejam a utilizar, não terem a torneira aberta consecutivamente sempre que lavam as mãos, incentivar as crianças na hora de preparar a lista das compras e serem elas a ajudar em todo o processo, para evitar também que a família fuja do orçamento previsto, explicando o porquê, etc.

Portanto mesmo nas idades mais adequadas para as crianças terem uma semanada ou mesada, os pais podem e devem dar o exemplo, com pequenos hábitos do dia a dia, onde a criança possa ver qual o impacto que pode trazer na vida da sua família.

Outros artigos

A educação financeira deve começar a ser ministrada aos mais novos pelos pais, em casa, desde tenra idade. A importância …

A educação financeira pode e deve começar no seio da família. Em determinadas idades a aprendizagem é mais fácil se …

Em certas idades as crianças gostam de estar sempre a brincar e nós pais podemos e devemos fazer parte dessas …

A educação financeira deve começar a ser ministrada aos mais novos pelos pais, em casa, desde tenra idade. A importância …

A educação financeira pode e deve começar no seio da família. Em determinadas idades a aprendizagem é mais fácil se …

A educação financeira deve começar a ser ministrada aos mais novos pelos pais, em casa, desde tenra idade. A importância …

A educação financeira pode e deve começar no seio da família. Em determinadas idades a aprendizagem é mais fácil se …